21 de mar de 2013

Legalização do aborto

A verdade é que eu jurei que nunca postaria nada sobre aborto aqui - porque a polêmica é eterna. Mas já que nada mais importa....

O governo quer legalizar o aborto. O negócio agora é desistir desses assassinos e assassinas de crianças indefesas - crianças, uma bênção de Deus - e esperar que elas recebam o troco. 

Bom saber que ainda existe gente que é contra o aborto.
Se "tu" é a favor, nem perca tempo lendo isso - eu tenho meus ideais, minhas crenças e acima de tudo minha opinião. Eu não concordo com assassinato, e acho incrível como há pessoas que achem normal e "Um direito". 

Deixe que essas pessoas tenham as contas pagas quando chegar a hora delas.
E essa imagem tirada do meu facebook na página "Moça, você é machista" - página, aliás, que eu gostava bastante no começo. Parei de seguir porque feminismo virou paranoia. 






Observe a declaração da página em relação à notícia:



Que lindo! Essas são as mulheres que representam uma grande parcela do Brasil (a nova lei de aborto foi bem recebida pelo público). Os comentários vão só aumentando com "posso estourar um champanhe?", ou "vou sair gritando de felicidade pela rua"... A madrugada de sexta-feira foi boa, mas aceitar as consequências? Não, que isso. Agora o governo apoia que eu curta minha vida sem proteção e faça o que eu quiser, "o corpo é meu" (a vida da criança não é sua, mas isso já não vem ao caso). 

É a favor do aborto? Ótimo, não tenha filhos. Prefere matá-los. Como pode uma pessoa dizer que ama crianças e ainda apoiar o aborto?
Uma mãe de verdade olha seu filho e chora por saber que lá fora há pessoas que apoiam esse crime hediondo.

Ah, direito das mulheres? É esse o argumento?
E o direito de vida, direito das crianças, as Leis de Deus..? Bom, pelo menos a Igreja ainda vai contra o aborto. Porque a população e o governo já ferraram tudo.

2 comentários:

  1. Anônimo21.3.13

    "Agora o governo apoia que eu curta minha vida sem proteção e faça o que eu quiser". Um dos comentários numa dessas redes sociais. Logicamente, a pessoa que postou tal comentário não sabe ou não tem acesso à informações sérias e responsáveis, pois o governo não interfere na vida sexual propriamente dita de ninguém e a Aids ainda existe.

    ResponderExcluir
  2. Afligi-me tanto endurecimento da alma, tantos gritos por direitos inconsequentes. Segundo nossa CF/98, todos terão direito a defesa, mas quem defenderá o inocente que não tem voz? Será esse o primeiro passo para a aprovação da pena de morte? Sim, pois se já se pode condenar um inocente à morte sumariamente, por que não ampliá-lo, uma vez que nossas cadeias estão cheias e os processos são muitos? Pode parecer temário num primeiro momento esse meu raciocínio, mas toda ação tem sua consequência e a meu ver, tal aprovação ao aborto, caso vingue, trará diversas e nenhuma positiva.

    ResponderExcluir

Caso comente anônimo, diga seu nome! =)