18 de mar de 2013

Melhorar Ensino Público é caro demais

É caro demais, não é viável para o governo. Quero dizer, eu entendo, deve ser um fardo ter que educar o Brasil. Sem dúvida, enfiar as pessoas na faculdade, que prodígio! O quê? Escrever? Contar? Quem precisa disso. Nós, do Brasil, precisamos de números - para nos exibir para outros países "VEJAM, SOU O BRASIL, TENHO UM NÚMERO GRANDE DE PESSOAS COM ENSINO SUPERIOR - não importa se me formei sem saber contar, ou se foi na UNIESQUINA, o que importa é que agora o Brasil é um país desenvolvido, com a maioria da população formada no superior"

Mas como vão se formar no superior se nem ensino médio têm? Não soube? Informe-se aqui: http://vestibular.uol.com.br/ultimas-noticias/2013/03/18/projeto-quer-permitir-ingresso-de-aluno-em-universidade-sem-concluir-ensino-medio.jhtm

Pois é. "Projeto quer permitir ingresso de alunos em universidades SEM a conclusão do Ensino Médio".
Veja bem. Agora, para entrar, é só falar "sou pobre", ou "sou negro", e agora "não quero terminar o ensino médio, enfiem-me na faculdade'' - perdoem-me pela ênclise, creio que alguém sem ensino básico não saberá usar a norma culta padrão. ME ENFIA NA FACULZ. Agora está bom.

Acho que vou terminar o meu segundo grau para me enfiar numa tal de Universidade só para... Bom, só para sair desse país, pelo jeito. Não sei se vai ser agradável dividir o espaço de trabalho de uma Multinacional - ou transnacional, para alguns - com alguém sem técnica, informação e domínio da PRÓPRIA LÍNGUA.
Ou que tal imaginar um contador que não sabe contar. Um médico que não sabe diagnosticar. Um professor que não sabe ensinar. Mal posso esperar para ver isso tudo.

Na-ah! O Brasil vai ser desenvolvido! A miséria será erradicada! As terras serão divididadas! (coisa absurda, aliás). Os direitos humanos só valem para brancos e evangélicos!

(risos, risos, risos...) Acho que vou é morrer de risos, enquanto ainda dá tempo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso comente anônimo, diga seu nome! =)