23 de out de 2010

Poluição, Energia e Dia-a-dia



A poluição, seja qual for, está sendo cada vez mais agravada a cada década. Houve um tempo em que não se pensava no meio ambiente - tanto quanto, teoricamente, se pensa hoje - e indústrias e outros faziam queimadas, soltando CO2 na atmosfera.
Soluções para um ambiente não tão poluido, hoje, é algo que deve-se pensar muito complexamente. Afinal, é um círculo: para resolver um problema, tem que resolver o outro que será gerado depois.
Pensando somente no Brasil. Há poluições de diversos tipos, desde fontes de energia elétrica até com os nossos automóveis. São tantas as coisas que se encontram no nosso dia-a-dia, que parece impossível reverter um problema de tão grande porte em nosso país.
A começar pela região de São Paulo.




Essa é uma imagem de uma das estradas que ligam São Paulo a regiões de interior. Milhões de carros passam pela cidade de São Paulo todos os dias. E, como o cidadão tem o direito de adquirir seu veículo, supondo que a cada ano alguém faça 18 anos e adquira o seu próprio, esses números só tendem a aumentar.
O Brasil tenta atingir o nível de diminuição de poluição em volta de 5% até 2012, aproximadamente. Mas como fazer isso, se é algo tão complicado?
Filtros nos escapamentos dos carros, nas indústrias - ao liberar gases nocivos ao meio-ambiente -, a proibição do CFC, e entre outras pequenas soluções foram acolhidas para alcançar o número de 5,8%, mais ou menos.



Já as soluções mais significativas precisam ser aprovadas por representantes, engenheiros, ministros, cientistas... Começando com a produção de energia.
As usinas hidrelétricas são o modo de energia mais sustentáveis no Brasil (a principal, de Itaipu). Constroe-se uma barragem que represa a água, formando um tipo de cachoeira. A água passa em pequenas saídas na barragem, fazendo com que as turbinas se movimentem. Esse movimento das turbinas faz com que produza-se energia - que é convertida em energia elétrica. Hidrelétrica é uma forma limpa de produzir energia.


Porém, o Brasil conta com a ajuda das usinas Termelétricas e Nucleares (em menor quantidade, no caso).
Nas Termelétricas, há a queima de combustíveis fósseis para produzir a energia. Isso definitivamente danifica o meio-ambiente. Ainda assim, é uma forma barata que traz energia elétrica.
Enquanto as nucleares contam com a reação nuclear dos átomos de urânio - que são uma fonte de energia não-renovável - deixando ainda o lixo nuclear. É um beco sem sáida a poluição.

Entretanto, há a energia eólica. Essa energia conta apenas com a ajuda do vento para movimentar turbinas em grandes espaços abertos. Mas o Brasil não tem esses grandes espaços abertos que recebam tanto vento para poder sustentar o país.

Veja aqui fatores positivos e negativos das energias Nuclear, Termelétrica e Hidrelétrica.





Definitivamente, o Brasil deve pensar em novas fontes de energia não poluentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso comente anônimo, diga seu nome! =)