30 de ago de 2010

(...)





Estive muito tempo transtornado, sonhando que eu poderia tê-lo salvado
. E que havia dado tempo, o tempo suficiente. Assim, ele estaria comigo neste instante.
 Mas não. Eu acordei.


O tempo é engraçado. Ele passa e não percebemos. E quando nos damos conta do que passou, já é tarde demais.


Patinhas de Meia - B. de M.e I.


Patinhas de Meia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso comente anônimo, diga seu nome! =)