3 de jun de 2012

Resenha Imparcial?




Caríssimo senhor Francioni; lendo sua matéria me ocorreu a possibilidade de sua opinião ter escapado na resenha musical decorrente do Festival em Lisboa. Ainda incrédula pelas vaias ao Evanescence, não nego em momento algum o talento do Metallica e outras diversas bandas que por um acaso - ou não - tocaram naquele imenso palco. Gostaria de comentar, assim como você, creio eu, quis também, que não me agrada a parte em que chama uma artista de tamanho sucesso como a Amy Lee de coitada. 
É claro que há outros que possam por um acaso não ter gostado da apresentação do Evanescence; mas já que aqui se encontra um debate, deixo claro que adoraria discutir com você, Senhor Cláudio, sobre os seus argumentos para que tenha postado sua opinião de forma tão não-sutil como essa. Estou disponível em meu e-mail, e sinta-se livre para responder a esse comentário. Aguardo sua resposta.

Acompanhem, só por via de satisfação, uma música que considero eu uma excelente composição do Evanescence, em que se prova os altíssimos vocais da cantora Amy Lee.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caso comente anônimo, diga seu nome! =)